Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/06/18 às 18h08 - Atualizado em 29/06/18 às 17h41

CEF 405, do Recanto das Emas, recepciona representantes da Suíça

Como agradecimento à visita feita à representação diplomática no início do mês, alunos mostraram as dependências da escola. Atividade desta terça (19) faz parte do programa Embaixadas de Portas Abertas

DÁVINI RIBEIRO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

 

Como retribuição à visita na Embaixada da Suíça, o Centro de Ensino Fundamental 405, do Recanto das Emas, recebeu nesta terça-feira (19) representantes diplomáticos do país.

 

O evento é parte da programação do Embaixadas de Portas Abertas, que estimula o intercâmbio cultural em estudantes da rede pública de ensino.

Em um tour pela escola que atende mais de mil alunos em três turnos, o cônsul Gabriel Torrent conheceu as salas, o laboratório de informática, a horta cultivada pelos estudantes e a sala de recursos, onde alunos com necessidades especiais são atendidos.

 

“Algo que ninguém poderá tirar de vocês é a educação. Então aproveitem esta etapa de suas vidas para receber a maior quantidade de informação possível. Se interessem por tudo”, aconselhou o representante diplomático.

 

Na conversa com os alunos, Torrent lembrou o jogo entre seu país e o Brasil pela Copa do Mundo 2018, que ocorreu no domingo (17), e brincou que o empate em 1×1 é um símbolo de amizade. “Antes da partida, falei justamente que poderia terminar empatada porque aí não teria um vencedor e pessoas tristes no final”, contou.

 

O colégio recebeu uma placa de escola parceira do Embaixadas de Portas Abertas, e a embaixada, um certificado.

Além disso, a escola entregou ao cônsul, para que deixe na embaixada como lembrança do encontro, uma árvore decorativa com as palavras compaixão, esperança, amor e fé.

 

O programa Embaixadas de Portas Abertas

 

O Embaixadas de Portas Abertas começou, como piloto, em 2015 e foi instituído oficialmente em 9 de agosto de 2017. O programa tem como objetivo aproximar os estudantes da rede pública da carreira diplomática e apresentar a eles os costumes de outras partes do mundo.

 

As atividades fazem parte do Criança Candanga, conjunto de políticas públicas voltadas para a infância e a adolescência em Brasília.

 

A iniciativa, idealizada por Márcia Rollemberg, é uma parceria da Assessoria Internacional com a Secretaria de Educação e a Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) — que leva os alunos às embaixadas.

 

As representações diplomáticas interessadas em participar do programa podem enviar e-mail para assessoria.internacional@buriti.df.gov.br.

 

 

EDIÇÃO: MARINA MERCANTE

 

 

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br