Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/05/20 às 21h07 - Atualizado em 15/05/20 às 18h02

GDF compartilha experiências de combate ao coronavírus com países da América Latina e Caribe

 

Representantes do Governo do Distrito Federal reuniram-se na manhã desta quinta-feira, 14, com Embaixadores do Grupo de Países da América Latina e Caribe (GRULAC), para compartilhar medidas de combate à Covid-19 adotadas na capital federal. Participaram do encontro virtual, a chefe do Escritório de Assuntos Internacionais da Governadoria, Renata Zuquim; o Secretário da Casa Civil, Valdetário Monteiro; o Secretário de Economia, André Clemente; e o Secretário Adjunto de Assistência à Saúde, Ricardo Tavares.

 

Na ocasião, o secretário-chefe da Casa Civil, Valdetário Monteiro, destacou que o Distrito Federal foi a primeira unidade da federação a tomar medidas de prevenção e mitigação dos efeitos da pandemia. “O GDF está empenhado em manter a curva de contágio achatada, para que haja tempo e condições necessárias ao incremento da infraestrutura de saúde quando o pico da contaminação for atingido.” Monteiro destacou, ainda, que o DF está sob monitoramento contínuo no combate à Covid-19. “Os leitos disponíveis estão condizentes com a demanda apresentada até o momento, e existe a possibilidade de expansão na rede de atendimento à medida que crescer o número de internações.”

 

O Secretário Adjunto de Saúde do DF, Ricardo Tavares, afirmou durante a videoconferência, que o GDF adotou, no momento correto, medidas de prevenção eficazes. “A decisão de adotar protocolos internacionais possibilitou agilidade na capacidade de resposta do DF diante do avanço da pandemia”, destacou. Ricardo Tavares comentou também sobre a estrutura hospitalar da capital. “O hospital referência no tratamento da Covid-19 no DF é o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), além dos dois hospitais de campanha que estão próximos de ser inaugurados.”

 

Sobre a economia local, o secretário da pasta, André Clemente, explicou que o GDF está investindo intensamente na saúde, infraestrutura e insumos. “O Governo do Distrito Federal tem acompanhando em tempo real os indicadores econômicos e vem buscando o equilíbrio financeiro e orçamentário.” Em resposta às dúvidas dos representantes diplomáticos, Clemente afirmou que o retorno gradativo das atividades econômicas vai depender dos números apresentados diariamente pela Secretaria de Saúde.

 

A chefe do Escritório de Assuntos Internacionais, Renata Zuquim, apresentou aos Embaixadores do Grupo de Países da América Latina e Caribe (GRULAC) iniciativas de autoria do Governo do Distrito Federal, entre elas o abrigo solidário para pessoas em situação de vulnerabilidade no Autódromo Internacional, o registro eletrônico de ocorrências para proteção da mulher e o acolhimento de idosos em hotéis da cidade.

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br