Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/04/20 às 14h07 - Atualizado em 17/04/20 às 14h39

GDF participa de videoconferência com profissionais de saúde de ChongQing

 

 

Organizada pela Embaixada da República Popular da China no Brasil e pelo Escritório de Assuntos Internacionais do Governo do Distrito Federal (EAI), a conferência promoveu, na manhã desta sexta-feira (17), o contato direto entre profissionais da rede de saúde pública do Distrito Federal e representantes da Comissão de Saúde da cidade de ChongQing, além de equipe do Consórcio Nordeste.

 

Figurando entre as maiores cidades da China, e uma das quatro administradas pelo Governo Central, ChongQing possui um total de 31 milhões de habitantes. Sua região administrativa faz fronteira com a província de Hubei, onde fica a cidade de Wuhan, primeiro epicentro da pandemia que desafia sistemas de saúde em todo o mundo.

 

Apesar da proximidade geográfica com Wuhan, os números de infectados (579) e de vítimas fatais (6) em ChongQing chamam a atenção, e a videoconferência realizada entre os cerca de 40 representantes governamentais brasileiros e chineses serviu para que dúvidas da parte brasileira fossem respondidas pelos profissionais que já superaram o estágio em que nos encontramos no combate ao vírus.

 

Os agradecimentos iniciais ficaram a cargo do Conselheiro da Embaixada da China, Sr. Qu Yuhui, da Chefe do Escritório de Assuntos Internacionais, Renata Zuquim, e do Subsecretário de Assistência Integral à Saúde, Luciano Agrizzi. Todos destacaram a relevância da cooperação e do diálogo internacional no enfrentamento de uma crise que não conhece fronteiras.

 

Em seguida, a equipe da Comissão de Saúde de ChongQing revezou-se para responder as perguntas formuladas pelos profissionais brasileiros. Entre os temas discutidos, aspectos técnicos de diversas etapas do tratamento, entre eles: Metodologias não-farmacológicas utilizadas; Modalidades de testes realizados fora das unidades hospitalares; Procedimentos adotados em caso de suspeita de contágio; Estratégias para o caso de pacientes oncológicos; e o uso de respiradores.

 

Debateu-se, ainda, temas para os quais ainda não há resposta definitiva, como o uso de medicamentos experimentais, estratégias de testagem para afirmar a imunização coletiva e aspectos sazonais da covid-19.

 

No próximo dia 21 de abril, o EAI e outra equipe da Secretaria de Saúde participarão de nova videoconferência com a China, dessa vez incluindo médicos e gestores de saúde da cidade de Pequim e de suas cidades-irmãs ao redor do mundo.

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br