Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/12/13 às 18h03 - Atualizado em 5/02/14 às 17h22

Participantes do BSF recebem certificados

Cerimônia premiou os 190 participantes do Programa

11445170284 f948c9e602 o

Brasília, 19 de dezembro – Os 190 estudantes e servidores do GDF que participaram do “Brasília sem Fronteiras 2013” receberam, nesta quarta-feira (18), os certificados que celebram a conclusão da primeira edição do programa.

 

O Distrito Federal foi a primeira unidade da Federação a colocar em prática o programa, que teve mais de 1,3 mil candidatos, de um total 2.304 inscritos. O processo seletivo incluiu análise curricular e provas objetivas de inglês e atualidades.

 

“Hoje comemoramos o êxito de um programa que já nasceu vitorioso. Esses jovens agora estão preparados para estudar em universidades de outros países, assim como os servidores, que aproveitaram essa oportunidade para ganhar conhecimento e melhorar a gestão pública da nossa capital”, destacou o governador Agnelo Queiroz.

 

O “Brasília sem Fronteiras” oferece educação, capacitação científica, tecnológica e profissional, além de proporcionar acesso a outros modos de ensino, pesquisa e inovação. O programa contribui também para o processo de internacionalização do conhecimento científico e da qualificação de jovens, fomenta o desenvolvimento da capacidade de liderança, espírito de cooperação e exercício da cidadania.

 

O estudante Renan Rodrigo, 18 anos, é um dos participantes da iniciativa e aprovou o resultado. “Foi uma coisa especial e diferente. Mudou muita coisa na minha vida e já começo a ver essas mudanças no meu dia a dia, principalmente na forma de praticar meus estudos e aplicá-los na minha vida profissional.”

 

Para o servidor público Guilherme Soares, 28 anos, a experiência foi um marco em sua vida. “Profissionalmente, um curso no exterior agrega muito valor ao currículo. Foi a realização de um sonho que, por conta própria, eu não teria condições de realizar”.

 

Em 2014, outros 2 mil participantes serão selecionados – 1,4 mil estudantes do ensino médio, 400 servidores e 200 estudantes universitários – para a segunda edição do programa. Os cursos serão nos Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Espanha, Nova Zelândia, Aústria, Holanda, Bélgica e Cingapura. A previsão é que o edital de inscrições seja divulgado em fevereiro do próximo ano.

(Agência Brasília)

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br