Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/08/16 às 17h26 - Atualizado em 5/08/16 às 14h08

Policiais militares prestarão atendimento bilingue a turistas durante a Olimpíada

Com fluência em francês, inglês e espanhol, profissionais do Batalhão de Policiamento Turístico vão reforçar a segurança de quem vem de fora do Brasil. Um número de celular com WhatsApp ficará disponível 24 horas

Ádamo Araujo, da Agência Brasília


Inglês, francês e espanhol são os idiomas falados pelos militares do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), da Polícia Militar do Distrito Federal. Eles vão reforçar a segurança de turistas que vierem à Olimpíada em Brasília. Um braçal na manga do uniforme terá a bandeira do país cuja língua o policial militar domina. “Praticamente todos são fluentes em outros idiomas”, destaca o comandante do BPtur, major Sérgio Carrera.

 

 

Braçais identificam para os turistas os idiomas que o policial militar fala.
Braçais identificam para os turistas os idiomas que o policial militar fala. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

 

 

O batalhão, que já conta com cerca de 60 policiais, recebe reforço de outros 14 durante os jogos em Brasília. A unidade tem duas sedes — uma voltada à articulação, na Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social; e outra operacional, na Companhia Lacustre, na Área Especial da QL 6 do Lago Sul.

Subordinado ao comando de policiamento ambiental, de acordo com o Decreto nº 37.321, de 6 de maio de 2016, o batalhão já existia como um grupamento da Polícia Militar desde 2001. Para reforçar a equipe, em 29 de julho, outros 14 policiais foram transferidos para a unidade.

Policiais bilíngues vão prestar atendimento por celular e WhatsApp

A corporação também vai reservar, a partir desta terça-feira (2), o número (61) 99150-5577 para recebimento de ligações e mensagens pelo aplicativo WhatsApp a qualquer hora do dia ou da noite. O telefone pode ser usado para relatar crimes e pedir a intervenção dos policiais diante de alguma situação de perigo. “O objetivo é dar mais segurança ao turista”, explica o comandante do batalhão.

Foco de atuação será nos pontos turísticos

As principais áreas de atuação do Batalhão de Policiamento Turístico serão o Aeroporto Internacional Juscelino Kubistchek, o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha e os Setores Hoteleiros Norte e Sul. São bases móveis que percorrerão os principais pontos turísticos da capital. No entanto, major Sérgio Carrera reforça que a unidade é permanente e manterá funcionamento constante mesmo após a Olimpíada.

No dia 28, cerca de 40 desses policias participaram de treinamento promovido pela da Secretaria de Turismo, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. O curso era voltado para voluntários que atuarão durante os jogos de futebol masculino e feminino da Olimpíada. Durante a instrução, os integrantes participaram de palestras, sobre o funcionamento dos principais pontos turísticos da capital.

Para garantir a segurança durante os próximos dias, a Operação Olimpíadas vai até 15 de agosto. Serão mobilizados 8,5 mil profissionais para os jogos. Só o Distrito Federal empregará 4,5 mil agentes da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros Militar, do Detran-DF, do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Já as Forças Armadas vão destinar 4 mil militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.


Batalhão de Policiamento Turístico

(61) 99150-5577 (24 horas)

Emergência geral: 190, 191 e 112

bptur.pmdf@gmail.com

Edição: Gisela Sekeff

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br