Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

Programas e Projetos

Embaixadas de Portas Abertas

Embaixadas de Portas Abertas é um programa do governo de Brasília que tem por objetivo construir e estreitar o relacionamento entre as embaixadas e as escolas em Brasília, por meio de visita de alunos às embaixadas e de diplomatas às escolas.

 

O programa visa oferecer aos estudantes acesso a conhecimentos de história, geografia, cultura e idiomas dos países visitantes. O programa também oferece aos diplomatas a oportunidade de conhecer Brasília e suas Regiões Administrativas.

 

Com um formato simples e didático, as visitas às representações diplomáticas costumam ser realizadas às quintas-feiras, pela manhã. Os estudantes conhecem um pouco da embaixada e do trabalho dos diplomatas, assistem a uma ou mais apresentações do país, participam de dinâmicas e provam comidas típicas dos países. Desde 2015, mais de 30 embaixadas abriram suas portas aos estudantes da rede pública de ensino.

 

Idealizado pela colaboradora do governo, Márcia Rollemberg, Embaixadas de Portas Abertas é uma parceria da Secretaria de Educação, da Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) — que leva os alunos às embaixadas — e da Assessoria Internacional. As atividades fazem parte do programa Criança Candanga, conjunto de políticas públicas voltadas para a infância e a adolescência em Brasília.

Mulheres Inspiradoras

O Projeto Mulheres Inspiradoras visa ensinar noções básicas de direitos femininos nas escolas públicas do Distrito Federal, ao abordar temas como empoderamento feminino, machismo nas escolas, equidade de gênero, representação feminina na mídia, combate à violência contra a mulher, diversidade e direitos humanos.

 

Idealizado pelas professoras Gina Pontes e Vitória Régia, a iniciativa já conquistou 5 prêmios educacionais, entre eles o 4º Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos da Presidência da República e o I Prêmio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos da OEI – Organização dos Estados Ibero-Americanos.

 

Por intermédio da Assessoria Internacional, o governo de Brasília firmou acordo de cooperação com a OEI e o CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina, o que permitiu a ampliação do projeto de educação em igualdade de gênero para 15 escolas públicas de Brasília.

 

Desde então, foram capacitados 48 professores, distribuídos 1526 livros e alcançados diretamente mais de 3 mil alunos.

Bolsas de Idiomas

O governo de Brasília, por intermédio da Assessoria Internacional, firmou um Protocolo de Intenções com Institutos de Idiomas vinculados às embaixadas, com o objetivo de promover e difundir ações educacionais e culturais no Distrito Federal.

 

A parceria foi firmada com a Cultura Inglesa, o Instituto Cervantes, a Aliança Francesa e Goethe-Zentrum Brasilia. Desde 2015, foram ofertadas mais de 40 bolsas de idiomas, destinadas preferencialmente a servidores de carreira do governo que tenham a necessidade da língua estrangeira em seu trabalho. Atualmente, servidores do governo estudam na Cultura Inglesa, no Instituto Cervantes e na Aliança Francesa.

Cooperação Integral

O governo de Brasília e a Prefeitura de Madrid fazem parte da União de Cidades Capitais Ibero-Americanas (UCCI), organização que visa promover a cooperação e o intercâmbio entre as cidades da região. A UCCI criou o Programa de Cooperação Integral (PCI), que estabelece princípios para cooperação entre as cidades, com base no acumulado de mais de 30 anos de cooperação entre 30 cidades. Por meio da UCCI, Brasília e Madrid firmaram um PCI para ampliar o diálogo entre as cidades, considerando as convergências e complementaridades entre os territórios, por meio de quatro projetos:

 

1. PROCESSO CONSULTIVO

Processo consultivo envolvendo setores estratégicos para definir a identidade internacional de Brasília, a ser realizado em duas edições

 

2. MULHERES LÍDERES

Projeto que visa ampliar oportunidades e reconhecimento de quadros femininos, bem como suprir lacunas de conhecimento associadas a questões de gênero no âmbito do Serviço Público. As atividades serão desenvolvidas ao longo de duas edições do programa, sendo que a segunda será específica para profissionais da Secretaria de Educação do Distrito Federal

 

3. VULNERABILIDADE E OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (ODS)

Projeto de localização dos ODS junto às escolas e comunidade da população do Distrito Federal, por meio de pesquisa socioeducacional

 

4. EVENTO BRASÍLIA CIDADE INTERNACIONAL

Evento de projeção internacional da cidade com ações de promoção dos resultados e atividades da Assessoria Internacional e do Governo de Brasília. O evento terá como público alvo a comunidade internacional residente na cidade, tendo sua programação composta por debates, palestras e ações interativas ao longo de duas manhãs

Assessoria Internacional - Governo de Brasília

Assinter

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar, Sala 211 - CEP: 70075-900 Telefone: (61) 3961.4685 | E-mail assessoria.internacional@buriti.df.gov.br