Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/07/21 às 11h36 - Atualizado em 20/07/21 às 12h11

Servidores podem aprimorar atuação em socioeducação

Estão abertas até as 18h do próximo dia 23 as inscrições para o curso a distância Socioeducação como meio de responsabilização e emancipação de adolescentes, voltado aos servidores do Distrito Federal. A capacitação será ofertada graças a uma iniciativa do Escritório de Assuntos Internacionais (EAI) que promoveu a participação da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) no Programa de Cooperação Técnica (PCT) da União de Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI).

 

A parceria possibilitou o financiamento de mais de 12 mil euros, por meio da prefeitura de Madri (Espanha), para a execução do projeto Fortalecimento Institucional da Escola Distrital de Socioeducação, elaborado pela Subsecretaria do Sistema Socioeducativo (Subsis/Sejus). Por meio do PCT, o Núcleo Gestor Distrital da Escola Nacional de Socioeducação da Sejus promoverá o curso em parceria com a Universidade de Brasília (UnB).

 

“Fomentar a paz e a cidadania, em especial, no que tange à responsabilização social do sistema socioeducativo, está em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030”, comenta a chefe do EAI, Renata Zuquim. “O 16º objetivo estabelece como meta ‘promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis’. Nesse sentido, celebramos mais essa parceria.”

 

A secretária de Justiça e Cidadania, Macela Passamani, reforça: “Essa parceria internacional é uma conquista e fortalece a política de formação continuada aos servidores da carreira socioeducativa, possibilitando uma reflexão permanente da prática profissional”.

 

Divulgação SEJUS/EAI/GDF

 

O curso

 

As aulas, que serão ministradas pelo sistema on-line, vão de 2 a 30 de agosto. Haverá 126 vagas para a capacitação, sendo 100 destinadas ao Distrito Federal, 13 para São Paulo e 13 para o Rio de Janeiro. A estrutura curricular está sistematizada em quatro módulos interdisciplinares, que serão desenvolvidos de maneira articulada.

 

Além disso, haverá leituras dirigidas dos materiais didáticos, videoaulas gravadas, fóruns de discussão, exercícios reflexivos e orientações remotas. Os participantes do curso serão distribuídos em cinco turmas, com média de 25 pessoas cada. As turmas serão acompanhadas a distância por um tutor, que terá a função de apoiar e orientar os alunos.

 

A avaliação de cada módulo será realizada por meio de atividades e trabalhos individuais e em grupo. Ao final do curso, o resultado do processo de avaliação será expresso por menção em um único conceito que represente todas as atividades desenvolvidas nos módulos. O certificado digital de conclusão será emitido pela UnB para os participantes que obtiverem menção igual ou superior à nota média e com 75% de frequência nas aulas.

 

Trabalho continuado

Além do curso, o PCT também prevê a realização do I Seminário Iberoamericano em Socioeducação e o III Simpósio Nacional em Socioeducação, ambos em formato virtual. Os eventos são destinados às cidades-membros da UCCI, estudantes de graduação e pós-graduação, docentes e pesquisadores brasileiros e de outros países que vêm realizando estudos, investigação e trabalhos no campo da socioeducação.

 

Também poderão participar professores e gestores das secretarias estaduais e municipais de educação que trabalham com adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa, profissionais e gestores das secretarias municipais, estaduais e distritais que executam as medidas socioeducativas, bem como profissionais e órgãos públicos que integram o Sistema de Garantia de Direitos (SGD) e pessoas que tenham interesse em discutir concepções e práticas em socioeducação. As datas de realização dos seminários ainda serão definidas.

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br