Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/02/14 às 16h48 - Atualizado em 27/02/14 às 18h13

Johns Hopkins mostra interesse por projetos do GDF


Instituição impressionou-se com plano para o desenvolvimento do DF

FotoJohnHopkins

Brasília, 07 de fevereiro de 2014 – A Universidade Johns Hopkins, a melhor do mundo em pesquisa de saúde pública, recebeu em reunião o secretário de estado chefe da Assessoria Internacional do GDF, Odilon Frazão. Estava presente a alta cúpula da instituição: o vice-reitor em assuntos acadêmicos Dr. Stephen J. Gange, a vice-reitora em educação Dra. Laura L. Morlock, o diretor do programa de doutorado em saúde pública Dr. Carlos Castillo-Salgado, a diretora de mestrado em saúde pública Dra. Marie Diener-West, a diretora de assuntos internacionais e educação acadêmica Felicity W. Tuner e a professora Dra. Ellen J. MacKenzie.

 


Ao apresentar a universidade, os doutores contaram da ampla experiência mundial em saúde e destacaram que grande cientistas formaram-se na Johns Hopkins. Eles ainda disseram que foi primeira a investir em pesquisas dos Estados Unidos e dentro da instituição foram desenvolvidos importantes medicamentos como o Viagra.


O secretário chefe apresentou o plano estratégico do governo Agnelo Queiroz para o desenvolvimento dos próximos 50 anos da Capital Federal, o Brasília 2060. A equipe da Johns Hopkins ficou impressionada com o projeto e se mostrou interessada em conhecer Brasília e o sistema de saúde pública do Distrito Federal. A convite de Frazão, o vice-reitor Dr. Stephen J. Gange e o diretor de doutorado Dr. Carlos Castillo-Salgado visitarão Brasília na terceira semana de março, para dar continuidade ao diálogo sobre saúde pública.

 


O Brasília Sem Fronteiras também chamou a atenção dos representantes de Johns Hopkins. O secretário chefe Odilon Frazão explicou que o programa é uma das estratégias adotadas para posicionar Brasília de forma global e competitiva, por meio da educação de alto nível. “O governo Agnelo Queiroz tem trabalhado firmemente para a melhoria da saúde pública no Distrito Federal. Oferecer a oportunidade para que servidores desta área do GDF estudem na Universidade Johns Hopkins, a primeira do mundo em saúde pública, irá representar mais um importante passo nesta direção”, ressaltou.


Impressionada com o projeto, a universidade se mostrou interessada em oferecer um curso específico para os servidores públicos da área de saúde do DF. “Aos nossos ouvidos soa de maneira espetacular a oportunidade de trabalhar com o Brasil e sua Capital. Certamente, a Johns Hopkins poderá contribuir com sua experiência internacional e conhecimento para o desenvolvimento do Distrito Federal. Por isso nos sentimos honrados”, disse o Dr. Stephen J. Gange.


Johns Hopkins – A Universidade Johns Hopkins é a número 1 em saúde pública do mundo. Fundada em 1876, formou cientistas e desenvolveu importantes medicamentos, como o Viagra. Situada em Baltomore, Maryland, Estados Unidos, foi a primeira universidade norte americana a dar ênfase em pesquisas. A instituição tem esse nome em homenagem a Johns Hopkins, um milionário que doou toda sua fortuna para a criação de uma universidade e um hospital.  Quer saber mais sobre a Johns Hopkins, acesse: www.jhu.edu


 

Escritório de Assuntos Internacionais - Governo do Distrito Federal

EAI-DF

Anexo do Palácio do Buriti, 2º andar,
Sala 211 - CEP: 70075-900
Telefone: (61) 3961-4685
escritorio.internacional@buriti.df.gov.br